Localizado numa das margens da albufeira do Castelo de Bode, o novo empreendimento, que teve luz verde do Conselho de Ministros em 2014, tem data de abertura prevista para o verão de 2017.

Foi um parto difícil mas, depois de um moroso processo burocrático, o Herdade Foz da Represa – Boutique Resort & Spa, em Vila de Rei, prepara-se para abrir portas no verão de 2017. «A abertura está prevista para agosto», confirmou ao Modern Life fonte da empresa que vai construir o empreendimento turístico. Além de 10 bungalows de 30 m2, a nova unidade hoteleira da região, um projeto do arquiteto local Pedro Gaspar, terá outras valências.

O projeto, a avançar no terreno no final do ano, uma iniciativa dos empresários Nellson Soares e Raymond Klomp, contempla um wine bar, vocacionado para provas de vinhos portugueses, que será complementado por um ponto de venda de produtos locais. O destaque maior vai, contudo, para além das estruturas de descanso, para um welness center, com biopiscina, sauna, banho turco, zona de massagens e jacuzzi.

Prevista está também a edificação de um pátio exterior, um espaço que servirá de base à organização de casamentos e de outros eventos da mesma dimensão. Localizado na região que constitui o centro geodésico de Portugal, o empreendimento hoteleiro promete surpreender, esteticamente, pela utilização de estruturas pré-fabricadas na Holanda, fáceis de montar, adaptadas a um estilo bem português.

«O processo criativo partiu do conceito de resort, tendo como base pequenas unidades de alojamento dispersas, apoiadas por um edifício de serviços. A inspiração advém da conjugação de formas e volumes simples aliados a elementos singulares, representativos da nossa arquitetura tradicional», refere o arquiteto que desenvolveu o projeto. Um conceito hoteleiro que aposta num cliente com um perfil muito próprio.

«Devido ao público alvo do empreendimento ser essencialmente o turista do norte da Europa, e como existe a possibilidade de chegar diretamente ao resort de helicóptero, sem conhecer o país, levou a que se procurasse identificar o espaço com elementos característicos, não só da zona envolvente como de todo o país», esclarece Pedro Gaspar, que investiu em aspetos visuais de uma portugalidade intrínseca à região.

«Seguindo esta lógica, facilmente se optou pela utilização de painéis de azulejo, com motivos variados, estruturas em ferro representando algumas rendas e bordados tradicionais e muros revestidos a pedra da região, entre outros», acrescenta ainda o responsável pelo conceito estético do projeto, que viu a burocracia nacional atrasar a sua concretização, tendo chegado os empresários a ponderar desistir da obra.

«Em dezembro de 2014, motivado pelo interesse público e turístico, a Herdade Foz da Represa – Boutique Resort & SPA recebeu a aprovação em Conselho de Ministros para construção nas margens da albufeira de Castelo do Bode, em Vila de Rei, um dos municípios mais atingidos pelo abandono, despovoamento e outros males decorrentes do isolamento e interioridade», referiram, a 19 de julho, os promotores do empreendimento em comunicado.

«Todavia, a demora da Agência Portuguesa do Ambiente, que ficou obrigada a emitir um parecer sobre o projeto de arquitetura, impediu que a construção e consequente previsão de abertura (2016) deste resort fossem cumpridas», refere ainda o documento. Durante esse período, a Câmara Municipal de Vila de Rei chegou a alertar para a «a perda de ordem turística, económica e social para o concelho», caso o projeto não avançasse.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Fonte: http://lifestyle.sapo.pt/casa-e-lazer/noticias-casa-e-lazer/artigos/boutique-resort-spa-vai-nascer-em-vila-de-rei